Embora importantes, demais objetivos ficam em segundo plano, para que não se ponha em risco a estabilidade tão apreciada pela população

Bancos centrais não possuem o poder de afetar de maneira permanente o nível de atividade ou seu crescimento, que dependem de investimento, educação, produtividade, etc. Bancos centrais têm sim o poder de criar o caos da inflação, como bem sabemos.

Decorre naturalmente daí atribuir ao banco central a missão de zelar pela estabilidade de preços, hoje entendida nos principais países com sendo algo em torno de 2% ao ano, e que caminha aqui para 3%. Assim reza o modelo de meta para a inflação consagrado internacionalmente.

Banco Central
Lei deixa claro que Banco Central deve focar nas prioridades. Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Em boa hora essa missão será reforçada na nova lei, que deixa claro que o principal objetivo do BC deve ser a estabilidade de preços.

A lei sabiamente deixa claro também que os demais objetivos, embora importantes, são secundários, para que não se ponha em risco a estabilidade tão apreciada pela população tentando o impossível.

Por fim, para que o BC possa perseguir seus objetivos sem as tentações dos ciclos políticos, a nova lei dá à diretoria do BC mandatos fixos e intercalados com o mandato do Executivo federal.

Parabéns ao Congresso!

Link da publicação: https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,analise-a-missao-do-bc-de-zelar-pela-estabilidade-de-precos-sera-reforcada-na-nova-lei,70003612349

As opiniões aqui expressas são do autor e não refletem necessariamente as do CDPP, tampouco as dos demais associados.