JorNow (internet)

Obra conta com prefácio de Sergio Moro e discute parcerias público-privadas com importantes lições para o futuro.

Atualmente muito tem se falado em questões de ética e eficiência em torno da Administração Pública, principalmente no que envolve temas como combate à corrupção e gestão de serviços públicos. 

Com prefácio do juiz federal Sergio Moro, a obra “Infraestrutura: Eficiência e Ética” traz uma esclarecedora avaliação dos sucessos e insucessos de políticas públicas em infraestrutura, no qual há um considerável crescimento da participação do setor privado. 

O organizador da obra Affonso Celso Pastore explica que o Brasil tem uma carência enorme em infraestrutura, pois os investimentos em estradas, portos e aeroportos começaram tarde, o que prejudica o crescimento econômico do país. “A ideia do livro é mostrar o que está errado e como melhorar a mobilização por capitais privados, além de ações do governo para diminuir o risco regulatório”, complementa. 

Affonso Celso Pastore é doutor e livre docente pela Faculdade de Economia e Administração da USP, na qual atuou como professor e diretor. Secretário da Fazenda do estado de São Paulo entre 1979 e 1983 e Presidente do Banco Central do Brasil entre 1983 e 1985. Foi professor da EPGE, da FGV e atualmente concentra suas atividades na A. C. Pastore & Associados.