É o economista-chefe do Itaú Unibanco, maior banco do setor privado do Brasil.  Doutorado em economia pela Universidade de Oxford e foi sócio no Banco Brasil Plural. Foi diretor de Política Econômica no Banco Central do Brasil, economista-chefe do  ABN AMRO para Brasil e América Latina. [mais], diretor de economia da FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) e atuou também no FMI.